Morar sozinha x Grilos

by - quinta-feira, abril 16, 2009


A melhor coisa é ter nosso espaço, ter nossa casa e coisa e talz. Mas a pior parte é... matar os bichos que aparecem. Bom, moro em um residencial. Ao entrar nesse pequeno castelinho tudo a primeira vista parece agradável. Mas morar é algo diferente. Já perdi a conta de quantos dinossauros tive que matar aqui. Minha casa virou cenário do filme: Guerra dos mundos.

As baratas devem ter sido modificadas geneticamente. Sabe, aquelas coisas cascudinhas( é modo delicado de dizer...de amenizar os problemas), do tamanho de um tiranossauro-rex. Elas invadiram a casa e insistem em aparecer nas horas mais incovenientes. Eu esparramada no sofá, lendo ou assistindo algo interessante. Até hoje tenho medo de deixar o meu cabelo caído sobre o chão e elas ao estilo príncipe encantado da rapunzel resolverem escalar minhas sedosas tranças. O melhor de tudo é que o pessoal responsável por passar veneno para combater a dengue passou aqui e colocaram esse produto nos ralos. As baratas viraram suicidas.

O que falta agora é terminar a grilarada que aparece aqui. Odeio grilo. Morro de medo. Agora sou quase uma serial killer dessas coisas verdes, grandes, de longas patas finas e cabeludas. Mas mesmo assim, me apavoram. Qual é a deles? Eles sabem que irão morrer se aparecerem em minha residência...por que eles são tão estúpidos?
ODE
aos insectos!

You May Also Like

0 soltando o verbo

Soltem o verbo...