Fuga

by - segunda-feira, agosto 03, 2015

   

De tudo que eu vi, de tudo que senti e de tanto que esperei... ainda me surpreendi. Fui pega de surpresa ao observar tantos mecanismos de defesas que me bloqueavam de entrar na tua vida como eu sou de verdade. Eu entendi claramente a intenção de dizer que não prestava tanto assim quanto diziam. 

  Eu sei. Quis rasgar essa couraça, tentei, bati, arranhei, cheguei a trincar, mas comecei a cansar da mesma história se repetir tantas vezes. Não quero restos, quero por inteiro, assim como eu me entrego. E ao contrário do que você pensa, por mais que seja atraída por você, eu não vim ao mundo para lhe agradar ou tentar utilizar dessas artimanhas para ganhar sua atenção.

  Apenas estou existindo. É difícil ver o quanto somos parecidos quando você faz questão de usar vendas. Hey, eu estou aqui. 

   Haja cigarros mentais, haja copos e mais copos de coca-cola para tentar aplacar cada pequeno estalo de dor que se anuncia ao ver o que se materializa em momentos inesperados. Eu já percebi.

    Veja-me, olha-me, observa-me e perceba-me. Não sou apenas a sutura das tuas necessidades. 

You May Also Like

0 soltando o verbo

Soltem o verbo...