Máquina de gerar problemas

by - sábado, abril 04, 2015

  Eu me afastei de tudo para evitar mais problemas e poder seguir meu caminho em paz. Só que 2015 veio como um furacão. Tava organizando tudo de novo, mas novamente fui atingida pelas rajadas fortíssimas de vento. Tudo bem, já me reergui, tirei a poeira e coloquei os móveis no lugar. Posso fazer isso de novo outras vezes.

  Dias dificílimos. Sou um ímã gigantesco de problemas. Passei meses trancada em casa  por nada, né. Tão me pegando pra Cristo, sendo que nem cristã eu sou. De certa forma, após acusações infelizes e palavras afiadas dirigidas a mim, estou orgulhosa. Segurei o choro, não gritei, até porque se fizesse isso, a pizza cairia da minha boca ( e pizza, né mores, ninguém estraga, pois é pecado. principalmente se for num sábado de aleluia). 

  Então bati o martelo definitivamente, vou embora e não volto mais. Decepção não mata, te ajuda a ir embora.

You May Also Like

0 soltando o verbo

Soltem o verbo...