Resgatando Posts de uma terra muito, muito distante

by - quinta-feira, dezembro 09, 2010

Minhas crionças, estou aqui. Como não tenho nada para postar de muito interessante, resolvi resgatar textos que ficaram no rascunho. O que seguirá, é tipo… um fóssil.
Aí eu paro e penso: MEO DEOS QUE MERDA DE VIDA É ESSA? POR QUE DIABOS ESSES MENINOS FOGEM DE MIM? Meninos sim.. porque só considero homem quem se comporta como um. Já me enganei várias vezes pensando que o cara era um homem e no final se mostrou um CAGÃO.
O que são esses cagões? Pessoas que não têm coragem e nem testosterona suficiente de chegar, me encarar nos olhos eu deixo ele escolher, o esquerdou ou direito. O estrabismo não deixa eu juntar meus olhos em um só rumo. MEO DEOS, SERÁ POR ISSO? e dizer: ‘Sara, não dá mais. Por isso, isso e isso’ Sim. Isso não é muito agradável de se ouvir, mas é melhor do que o cara se comportar como foragido. PORRA, CÊ QUER TOMAR NO CU BONITO? FAÇA UMA DESSAS COMIGO. Não sou a mesma com a pessoa. Sou ruim e phyna.
Eu não faço idéia do que se passa na cabeça desse tipo de gente. Porque cara, eu sinceramente não fui achada no lixo. Pode não parecer, mas fui bem educada, sei me comportar à mesa, sei conversar por 5 minutos sem falar palavrão e sei andar de salto alto. Não sou muito bonita, porém a inteligência supera essa falta.

Ao término dester texto pude concluir que sou descontrolada e que nunca terei uma vida tranquila. É issO.

You May Also Like

1 soltando o verbo

Soltem o verbo...