Envelhecendo

by - segunda-feira, novembro 26, 2012

  Nem tenho mais saco de ficar disfarçando algo que não gosto de fazer ou que não tolero. Se eu não gosto da pessoa vou lá e pá, dou aquela cuspidinha na cara dela… simplesmente cago. Não dou confiança, não faço a linha simpática.

  Paciência era um grande dom da minha juventude e agora esvaiu-se. Pelo menos um dom fodástico foi aperfeiçoado: intuição sobre pessoas e né, nunca errei. Obrigada, psicologia. Aí alerto de fulana para amiga de transtornos egossintônicos presentes em nega e tá, mas ela insiste em sair com ela e ficar de segredinho. Mana, fode aí pq não vou aturar lamúrias depois e nem vou ficar jogando na cara EU AVISEI. Nops. Se até Jesus cansou, pq não posso também?

  Chateadíssima sim. Ciúmes, um pouco, mas a consciência de que nega não é boa companhia jamais estará errada. Lavei minhas mãos. E sim, estou me tornando rabugentíssima e ninguém me tirará esse direito.

You May Also Like

2 soltando o verbo

Soltem o verbo...