Ódya...INFORMATCHYYYVO

by - terça-feira, dezembro 01, 2009


Estou fazendo este post puta da cara. O que não é novidade nenhuma, né? Não que eu tenha um péssimo humor ou muito menos que ele seja inconstante, longe disso. Mas gente, estou cansada. Não cansada de cansaço e sim, cansada de certas coisas. Sabe aquele dia em que de tanto guardar as coisas você acaba explodindo? Pois é. Quando esse dia chegar, prepare-se mundo, nascerá outro ser de mim.

Sempre fui serelepe, alegre, pimpona e educada com todos. Só que agora, não dá mais! Estão se aproveitando de minha nobreza! Sempre fiz favores sem reclamar, se falavam coisas que me desagradasse, eu dava um sorriso e dizia para pegar leve. Acordo linda, com sorriso de orelha a orelha, disposta para tudo e para todos. Sou uma pessoa fácil de se conviver. PUTA QUE PARIU! POR QUE TEM GENTE QUE ABUSA DISSO? Não me respeitam. Passam por cima mesmo. Nem ligam para o que sinto ou para o que penso. Gente, EU NÃO SOU UM ANIMAL! Eu sou boa, mas não sou besta!

Faz uns 6 meses que corrijo, reviso e faço o escambal com textos que minha amiga me envia. Até aí bacana. Agora ela resolve me mandar redações dos colegas dela também! Rolou guerra quando eu falei que não! Porra, a garota já me manda 6 textos por semana e analiso tudo quase morrendo!OI? Quer dizer que não tenho direito de falar: NÃO!!? Meu saco! O melhor que ela ficou de bico a semana toda! Não queria falar comigo e nem nada. QUÉDIZÊ, só mandava as escrivinhaduras. Esqueci de dizer, faço isso de GRAÇA! Se eu tenho um compromisso, eu faço. Não enrolo, mesmo que não esteja ganhando nada em troca.

Eu sou espontânea. É difícil achar alguém assim, mas esse tipo pessoa existe. Não faço nada para me mostrar. Eu faço porque quero. Ajudo, ligo, mando mensagem porque EU QUERO! Aguento lamúrias das minhas amigas cornas não para ficar falando por aí, não para dizer que sou a melhor amiga de todos os tempos e que aguentei chifrudas lazarentas em minha volta. Eu não sou uma pessoa discreta, eu sei disso, mas não faço nada para chamar atenção de alguém. Eu nasci assim! Eu sou dessa maneira. Digo essas coisas porque já ouvi muitos comentários sobre meu jeito. Não gosto.

Não me julgue pela idade. Não é porque eu tenho apenas 18 15 anos que tenho que ser tratada como criança. Desde muito cedo, aprendi a ser mulher, a ser gente de verdade. Tem muitos 'alguéns' que já se surpreenderam com a cabeça que tenho pela pouca vivência. Não é porque sou novinha que não sei nada da vida, que não tenho experiência alguma. Ao contrário. Eu nunca passei fome e nem necessidade, mas existem coisas que nem o tempo apaga. Já fui humilhada, muitas vezes enganada, feita de trouxa e fui palhaça para uma platéia. Sofri muito pelo que sou e por ter essa cara de ryckah que meus pais me deram. Eu brinco, mas gosto de ser levada a sério também. Não sou badeco de ninguém.

Amigos, tenho poucos. Sim. Apesar de ser sociável, aprendi a não confiar em mais ninguém. Já levei muito na cara. Agora, pelo amor de Ganesha, CUMPRA SEU COMPROMISSO COMIGO! Marcou está marcado. Só levo toco. Cansei mesmo. Um recado: VOCÊ, LUIZ, QUE ESTÁ SENTADO LENDO ESSA PORCARIA, VÁ TOMAR NO OLHO DO SEU CU! Duas semanas seguidas levando bolo. Tomei vergonha na cara. Cansei de ficar esperando por horas! E quem sempre acaba machucada na história? Eu! Sim. Penso que o problema é meu e fico horas colocando defeito em mim. É horrível você se sentir um monstro.

Você que é são paulino de 24 anos, HONRE as calças de homem que veste. Não estou falando só com um, mas com todos. Deixe de se sentir superior, porque o Gayson só está por cima apenas uma vez no ano: Na sexta-feira 13! Se for dar em cima de mim, pense duas vezes. Seja macho o suficiente, pois tenho me decepcionado com os padrões que percebo em vocês. Vá até o fim. Se desistir, eu mato. E por último: CHUUUUPA, SÃO PAULA!!!

Agora é com os homens: NÃO SOU DO TIPO DE MULHER QUE VOCÊS ESTÃO ACOSTUMADOS A PEGAR! Sou muito mais que aparência. Não é porque é bonito que eu tenho a obrigação de ficar nos amassos e muito menos beijar. Escurinho? Not. Sou curta, grossa e bem objetiva. Eu penso, ok? Surpreendente, né? Se você for meu futuro namorado, nem pense em colocar chifre. É só um aviso! Sou uma moça (OI?) fiel e mulhé-macho quando é necessário.

Quando eu der a looz para o ser divino que está por vir...(Não é um bebê, seus idiotas! Nem tem como eu ter...se é que me entendem. Falo de minha outra personalidade.) Além dela ser morena e de olhos azuis, ela será digna de deixar Paola Bracho no chão. Se quiserem evitar a discórdia, o mal e o apocalipse nesse mundo, amem a Sarinha, tsá? Por quê? Estou carente, mal amada e mal comida...QUÉDIZÊ, nem comida estou sendo. Entendam.

Se eu amo vocêsh? HAHAHHAHAHA...MOORRAM!

P.S.: POST QUE SAIU NA CONFRARIA HOJE: SAUDADESH

You May Also Like

0 soltando o verbo

Soltem o verbo...