Retrospectiva 2009

by - terça-feira, dezembro 29, 2009



O que eu posso falar desse ano? Foi um tanto confuso. Sim. Muitas reviravoltas em minha singela e nada comum vida. Como todo post que faço, não sei por onde começar. Coitada, né? Eu já nasci zonza! Se o ano foi bom? Bom, analisando tudo, grandes e pequenos detalhes, descobertas e desastres, digo que foi bom sim. Aconteceram muitas mudanças. Algumas boas e outras ruins. Nem ligo muito para as atrocidades que me ocorreram. Até porque, meu segundo nome é azar.

Em relação ao blog, posso falar que ele evoluiu muito. Tanto no layout quanto a qualidade e a assiduidade dos textos publicados. Meu compromisso com vocês, meus cinco leitores, aumentou. Apesar da constante falta de tempo, sempre nos intervalos do curso pré-vestibular escrevia os rascunhos dos posts. Consegui finalmente achar um template decente para o Mundo Plausível. A partir desse momento só paixão. Quando pensei que não poderia ficar melhor, aconteceu de eu receber um convite para escrever em outro blog. Aceitei. Meu ego digievoluiu. Valeu people que lê esta porcaria!

Em 2009, deixei de ser Isaura kids para ser dona de casa. Isto mesmo. Consegui morar com minha irmã e só... só nós duas. Em 2008 fui muito judiada e humilhada em casa de certos parentes. Nunca mais na minha vida moro com alguém que não seja meus pais, minha irmã ou minha tia louca. Em certas partes morar sozinha teve vantagens: Fazer meu próprio horário, podia comer o que eu quisesse e na hora que eu quisesse, poderia dormir mais e levar visitas. O ruim é que eu tinha que lavar roupa à mão, limpar a casa e tirar os entulhos do meu quarto sem ajuda. O que minha irmã fazia? Cozinhava. Ela tomou essa decisão depois de não aguentar mais comer comida queimada e também por causa de um pequeno acidente quase botei fogo na casa.

Quanto as minhas amizades. Em relação a isso, o ano me trouxe as melhores descobertas algumas (que foram poucas) um tanto desagradáveis. No ano passado, conheci pessoas realmente divertidas, empolgantes e principalmente amigas. Só que o destino acabou nos distanciando um pouco. Faculdade é um saco por causa disso. Não esqueci de ninguém e sinto falta de todas essas coisinhas que fizeram de um ano que tinha tudo para ser péssimo em um ano maravilhoso. Paola, Juliana, Well,Thaynã, Sidiléia, a galera do terceirão do Alternativo, Amanda e tantas outras....OBRIGADA! Sinto muita falta mesmo. Tive agradáveis surpresas nesse ano também. Voltei a ficar mais próxima de meu amigo de infância que também foi abandonado em Rio Branco e com ele de brinde veio o Kaio, Saline e Sanlara. Valeu, Sandino! Também conheci uma galerinha dumal: Valeu Helder, B1 e Jetchy!

You May Also Like

1 soltando o verbo

Soltem o verbo...