Vamos falar de amor?

by - segunda-feira, maio 24, 2010

OgAAACFgBEuJrQB1jwuJuKbVOECHC4LchC-L6jdFEzUFsn-WkQ8PCBMtBkUxrUqdjFsH1UHVxvfXVUtBlYqiEhkbEQ4Am1T1UDXphug5Sam0e9vKtRbD3rnSGnPp

Olha, cara, estou virando consultora sentimental. Só nesses últimos três dias, 6 pessoas me procuraram. Gente, olha a minha cara de quem é bem amada e está feliz com a vida sentimental? Mas, né, até que gosto de ouvir histórias de corações partidos e em seguida dar conselhos. Não existe coisa mais relaxante de saber que não é só eu quem está na lama.

Amo alguém. MENTCHYRA! O amor não existe. Sério. Matei ele.

O amor não é um presente dado por Deus. Não. NÃO É! Deus não quer ver seus filhos sofrendo. E o que o sentimento título deste post faz? HÃM? HEIM? NOS FAZ SOFRER! A paixão também é algo que nos torna ridículos. Essa sim é algo dos céus. O lance da Divina Comédia. Afinal, Deus necessita de diversão às vezes, né? Sério. Ele assiste tudo em uma enorme sala só para rir de nossas lindas faces. É algo como Stand Up Earth.

O amor não é só cego: É surdo, mudo, deficiente físico e mental. Sem esquecer que é um grande fanfarrão e ludibriador. Aquela história: “ O amor torna o mundo melhor.” MENTCHYRA PURA! Amor não enche barriga e muito menos paga minha milionária conta de luz. Se amor resolvesse problema, pobre não existiria nesse mundo.

You May Also Like

0 soltando o verbo

Soltem o verbo...