Casamento

by - domingo, janeiro 23, 2011



O que me sobrou do buquê. GENTE...TINHA MENINA APANHANDO, SE MATANDO POR ELE.


Esse final de semana ocorreu o casamento da minha prima de 20 anos. A coisa mais fofa, simples, singela. Deu vontade de casar também. E é isso que farei. Lógico que não será em breve porque ainda tenho 3 anos para me formar. Mais um para começar a ser ryckah e mais 9 para ser médica. SÔ OCUPADA? Fora que o meu futuro marido também tem que estar em uma situação financeira favorável. Sério, não dá certo casar e viver na pobreza. Porque olha, tenho a cara da riqueza.

Lógico que não vai ser algo de uma proporção gigantesca. Apenas gigante. Mentira. Será simples. Não de tão simples ficar uma coisa capenga. Apesar de não ser religiosa, farei uma cerimônia ecumênica. Só as bençãos mesmo porque vai correr o risco de dormir no altar e zzzzzzZZZZZ RROOINC. O pastor e o padre falarão por  5 minutos, cada. Terei que ter zilhões na conta bancária porque tenho uma família um tanto que extensa.

Estou velha, eu sei. Vamo parar por aqui.

You May Also Like

0 soltando o verbo

Soltem o verbo...