Ainda estou viva...

by - quinta-feira, novembro 19, 2009



Primeiramente quero pedir desculpa aos meus leitores desocupados, ociosos, isentos e lazarentos maravilhosos, pela falta de atualização do blog. Como vocês devem imaginar, como sempre minha situação só piora com o decorrer do tempo 3 meses sem calor humano, vestibular azarado, amigos pobres e distantes . O meu lado criativo foi comprar cigarro e não voltou até agora. Não me sinto bem em deixar a galere na mão: Vocês Plausivienses e o povo da Confraria. Principalmente meus monstrinhos do Mundo Plausível. O pessoal da Confrur não sente tanta falta de mim.

Segundamente, gostaria muito, muito, mas muito mesmo de agradecer os leitores dessa porcaria que me cobraram atualizações. E eu mais do que nunca, ADORO RECEBER COBRANÇAS! NOT. Apenas três para vocês que não sabem juntar as letrinhas, eu falei 3! animais reclamaram pela falta de postagens recentes. Pode não parecer muita coisa para vocês criaturinhas do brejo, but for me (joga no tradutor, creuzada!) significa bastante. Sim. Porque há um ano atrás ninguém lia porra nenhuma dos meus posts. Não me preocupo com o número de visitantes e sim com quem lê essas escrivinhaduras de verdade. É isso que me faz continuar escrevendo MENTCHYRA! Os comentários me deixam mais felish que pinto jogado no lixo de tanta felicidade que sinto ao lê-los (Valeu Helder, valeu Dinossauro!) Sandino, especialmente você que é meu leitor mais sacana e filho da puta fiel (eu acho... não conto com o B1 porque ele sumiu do mapa!) e que comenta sempre. Obrigada a todos os desocupados que tiram um tempinho para a cultura inútil daqui.

Mas Sara, pra quê um post tão emotivo você já não foi largada faz 3 meses ? Estou só explicando porque não estou atualizando o M.P., bando de pobre! Fatos antigos e não superados e acontecimentos recentes nada agradáveis resolveram se juntar e acabá cá minha vida. Não se preocupem, não sou suicida.

Até mais, povão!

You May Also Like

2 soltando o verbo

Soltem o verbo...