Sociologia…

by - terça-feira, abril 13, 2010

 

Pedir para morrer é pouco na situação a qual me encontro. Nem "bom dia, sol" estou dando mais. As coisas estão cada vez mais afunilando-se. A minha felicidade depende do próximo. Sempre foi assim. Meus amigos vão bem, obrigada.

Agora, caros irmãos em JayC, a bomba da faculdade está tirando o meu tormento. A égua da professora insiste que o aluno transcreva sem omitir, sem esquecer uma palavra do que está escrito no caderno na prova que a diaba elaborou. Isso não é de Deus, amados. Queima ela, Senhor. Situação humilhante ficar com um puta de um CINCO no boletim em sociologia. MORRO? Não tenho vergonha de falar dessa minha desgraça. Não mesmo. Até porque né, a vergonha não nasceu comigo. Cara, eu fico revoltada e com a vontade louca de dar o rabo sem KY Gel Hot. Tudo isso como forma de punição. Mas pra quê?? Pra quê se a culpa não é minha? A culpa é daquele cão mal comido! Só que quem fica no prejuízo são os alunos, né?

Ela pediu o que impulsionou o surgimento da sociologia e explicar esses movimentos. O aluno responde: REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E FRANCESA.  E explica tudo isso em 30 linhas. Sim, o aluno sou eu. Ela tem a coragem de dar meio certo. Caramba! Meio certo são as pregas de seu cu, professora. SATANÁÁÁÁÁÁÁSSS! Caraleo de 3º estado!!! Terceiro estado não estava no script… tudo bem que foi uma das causas a merda da Revolução Francesa. MAS POR QUÊ? POR QUE MEOO DEUS, EU TINHA OBRIGAÇÃO DE DECORAR UM LIVRO DE 49 PÁGINAS, 89245 LAUDAS DO MEU CADERNO E AINDA ADIVINHAR O PENSAMENTO DESSE ‘CERUMANO’?? Eu tenho culpa da senhora ser mal comida e só se preocupar em fazer esses arranjos abstratos em seu cabelo? E o restante dos 39 alunos?? Não, né?! Recadcheeenho: MORRA!

Não é justo eu ficar louca do meu cu estudando pá essa porra e conseguir 5!! De história eu entendo, mas né, tem que relacionar todos os perrengues com a sociologia. PRA QUÊ SOCIOLOGIA, MEU PAI DO CÉU??? Pra quê sociologia se o mundo é individualista? Me dish!!! Somos seres individuais, egocêntricos constituídos de um orgulho ímpar. Sim, meu amigo, esse é você. Confie em mim porque olha, eu sou DÔTORA! Eu só não tive um PAPO SÉRIO com ela porque estava muito ocupada no momento contemplando meu belo CINCO e rasgando meu cu com o dedo. Naquela vibe de suicídio, sabem?

You May Also Like

0 soltando o verbo

Soltem o verbo...